DICAS PRÁTICAS, AOS PAIS, SOBRE O USO DE TELAS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA:

GERENCIE o uso das telas: Faça, analise e revise regularmente um Plano de Mídia Familiar, incluindo tempo individualizado e limites de conteúdo. Busque estar presente e engajado quando as crianças estiverem usando as telas, sempre que possível, assista e converse sobre o conteúdo com seus...

  1. GERENCIE o uso das telas:

Faça, analise e revise regularmente um Plano de Mídia Familiar, incluindo tempo individualizado e limites de conteúdo.

Busque estar presente e engajado quando as crianças estiverem usando as telas, sempre que possível, assista e converse sobre o conteúdo com seus filhos.

Tenha domínio sobre ferramentas de controles dos pais e configurações de privacidade.

No caso das crianças, tenha as senhas para os dispositivos e contas de mídia social. Isso ajudará a garantir a garantir a segurança on-line.

Seja proativo com as crianças e adolescentes sobre os comportamentos online aceitáveis ​​e inaceitáveis.

.

2. Incentive o uso PRODUTIVO de telas:

Priorize as rotinas diárias, como interação presencial, sono e atividade física ao invés do uso da tela.

Priorize as atividades on-line educacionais, ativas ou sociais em relação às passivas ou antissociais.

Ajude crianças e adolescentes a escolher conteúdo apropriado para o desenvolvimento e a reconhecer conteúdo ou comportamento problemático.

Faça parte da vida on-line de seus filhos. Por exemplo, participe durante o jogo de videogame e pergunte sobre suas experiências nas rede sociais.

.

3. Seja o MODELO:

Reveja seus próprios hábitos, planeje o tempo para passatempos alternativos, brincadeiras e atividades ao ar livre.

Lembre-se que ao usar fones de ouvido você também se afasta dos seus filhos.

Incentive horários diários “sem tela”, especialmente para refeições em família e socialização.

Deixe as telas “desligadas” quando não estão em uso, incluindo TVs de fundo.

Evitar telas pelo menos 1 hora antes de dormir e desestimule o uso recreativo nos quartos.

.

4. MONITORAR sinais de uso problemático em qualquer idade:

Reclamações sobre estar entediado ou infeliz sem acesso à tecnologia.

Comportamento de oposição em resposta aos limites de tempo da tela.

Uso da tela que interfere no sono, na escola ou nas interações pessoais.

Tempo de tela que interfere nas brincadeiras off-line, atividades físicas ou socialização

Emoções negativas após interações online ou videogames ou durante o envio de mensagens de texto.

.

.

Fonte: Digital media: Promoting healthy screen use in school-aged children and adolescents, 2019

Agende sua
consulta